Era noite fria de chuva fina
Peguei minha dama de parceria
Levei pra dançar um forró lá em cima
Lá onde jamil fez de moradia
A taba pindorama, lá na colina

A trilha molhada, escorregadia
Toda alumiada, luz de lato-vela
Que fazia da galera que subia
Um colar de fogo de gente bela
Pontos de luz, de longe se via

E quem não subiu, de manhã ouviu
Muito louco que foi
O forró do jamil
E quem não subiu, de manhã ouviu
Muito lindo que foi
O forró do jamil

A banda arretada que foi convidada
Foi raiz do sana, lá da região
Chegou ensopada de lama e chuva
Pra tocar xaxado, xote e baião
Na noite sagrada de são joão

Vídeo incorreto?