Meus bons amigos, onde estão?
Notícias de todos quero saber
Cada um fez sua vida de forma diferente
Às vezes me pergunto: Malditos ou inocentes?
Nossos sonhos, realidades
Todas as vertigens, crueldades
Sobre nossos ombros aprendemos a carregar
Toda a vontade que me faz vingar

No bem que fez prá mim
Assim, assim, me fez feliz, assim.

O amor sem fim
Não esconde o medo
De ser completo e imperfeito.

Meus bons amigos, onde estão?
Notícias de todos quero saber
Sobre nossos ombros aprendemos a carregar
Toda a vontade que me faz vingar

No bem que fez prá mim
Assim, assim, me fez feliz, assim

O amor sem fim
Não esconde o medo
De ser completo e imperfeito.

O amor sem fim
Não esconde o medo
De ser completo e imperfeito.

Vídeo incorreto?