Talvez seja amor de mais
Dentro do meu pobre coração
Há tempos não durmo em paz
Com saudade dos teus beijos

Amor onde tu estás
Só em sonho posso ver
Nó cego não se desfaz
Tô amarrado por inteiro

Acredito no destino
E na cor da primavera
Que me lembra o cheiro do nosso amor
No inverno sinto frio,
No outono, amor, quem dera
No verão não vou morrer de amor

Pode chover
Pode relampejar
A terra tremer
O mundo virar
Que eu não desisto de ter seu amor

Vídeo incorreto?