Refrão
Condenado a viver sem amor
Jamais
Qual juiz que não é pecador
Tem mais
Se alguém me abrir uma porta
Que importa o passado
Eu não posso é ficar condenado a viver sem amor

O amor não pode ser julgado
Qual é o jurado que nunca amou
Na tribuna falei sem remorso
Impetrei "habeas corpus'mas nem precisou
Se doutor, me entenda, lhe peço
Eu sou réu confesso, carente de amor
Minha pena já foi decretada
Quando minha amada me abandonou

Meu processo está arquivado
Não fui condenado, mas sou pecador
Eu não podia ser absolvido
Pois fui envolvido nas tramas do amor
O juiz que evitou a sentença
No fundo ele sabe que eu tinha razão
De que vale deter o momento
Evitar o sofrimento e não ter emoção

Vídeo incorreto?