Não diga nada


Pode ser que não seja eu
O que procuravas
Nem que você seja minha outra metade
Faz tempo que o amor
Se foi desta casa
Não ficou nada do que falar

Deixa a roupa junto à cama,
Só fica um pouco mais

E não diga nada,
Tudo está em calma
Por uma vez,
Não diga nada

Não diga nada,
Tudo está em calma
Por desta vez, apaga a luz
E não digas nada

Não... não, não, não, não...

Hoje as nuvens
Não se vão da minha janela
E não sei se quero acordar
Deixarei meu coração
Em baixo da almofada
Para se um dia quiser voltar

Deixa a roupa junto à cama,
Só fica um pouco mais

E não diga nada,
Tudo está em calma
Por uma vez,
Não diga nada

Não diga nada,
Tudo está em calma
Por desta vez, apaga a luz
E não digas nada

E não sei se poderei
Arrancar da minha pele
Esses beijos proibidos
Que me deste ontem

E não diga nada,
Tudo está em calma
Por uma vez,
Não diga nada

Não diga nada,
Tudo está em calma
Por desta vez, apaga a luz
E não digas nada

Não...
Não...