Santa não sou


Eu sou mulher das que acreditam
Quem entendem o que é sentir bem ou mal
Nunca terei as palavras que
Te digam coisas sem te ferir

Sei que não é fácil
Fazer o que quero sem me importar
Isso pode ser parte de mim
Deixe-me ir ou será muito tarde

Não te peço perdão
Pois sei que o erro foi seu
Me ame, me deixe, me busque
Mas me deixe seguir

E como eu fico?
Que nunca sei onde ir?
Se eu erro, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Até que eu volte a você

E como eu fico?
Que nunca dei o coração por você?
Não me entenda, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Porque nunca fui santa

Não sou mulher, das que veem
E julgam tudo só de olhar
Eu não sou igual às demais
Que querem as coisas que eles não podem dar

Vem ajuda-me a sentir
Que não preciso de ninguém mais e assim
Não me mate a verdade
Pois não sou igual, mas eu nunca fui santa

Não te peço perdão
Pois eu sei que o erro foi seu
Ame-me, deixe-me, encontre-me
Mas deixe-me ir

E como eu fico?
Que nunca sei onde ir?
Se eu erro, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Até que eu volte a você

E como eu fico?
Que nunca dei o coração por você?
Não me entenda, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Porque nunca fui santa

E como eu fico?
Que nunca sei onde ir?
Se eu erro, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Até que eu volte a você

E como eu fico?
Que nunca dei o coração por você?
Não me entenda, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Porque nunca fui santa

Santa não sou e não serei

E como eu fico?
Que nunca sei onde ir?
Se eu erro, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Até que eu volte a você

E como eu fico?
Que nunca dei o coração por você?
Não me entenda, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Porque nunca fui santa

E como eu fico?
Que nunca sei onde ir?
Se eu erro, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Até que eu volte a você

E como eu fico?
Que nunca dei o coração por você?
Não me entenda, apenas me ame
Me deixe, me busque, fique
Porque nunca fui santa