Talvez amanhã


Queria pensar que existe esperança (quero estar junto a ti)
Voltar a te encontrar... talvez amanhã (voltará para mim)
Não quero esquecer seu olhar, quero pensar em ti
Não posso deixar de te amar, te sentir respirar

Por quê este adeus é inesquecível?
Me apego por te encontrar depois
Por quê esta dor é insuportável?
O sinto e me dobro aos teus pés

Não posso mentir, te tenho na alma, nada é igual sem ti
Me dói dizer que sem você já não há nada, segues estando em mim
Não quero esquecer seu olhar, quero pensar em ti
Não posso deixar-te de amar, sentir-te respirar

Por quê este adeus é inesquecível?
Me apego por te encontrar depois
Por quê esta dor é insuportável?
O sinto e me dobro aos teus pés

Voltar a te ver, voltar a te amar, sair deste vazio
Ouvir sua voz, viver seu amor, te sentir tão perto de mim

Por quê este adeus é inesquecível?
Me apego por te encontrar depois
Por quê esta dor é insuportável?
O sinto e me dobro aos teus pés

Não posso deixar de te ver em meus sonhos
Não quero esquecer-me de ti
Não posso deixar de te ver em meus sonhos
Voltar a encontrá-lo depois