Verão perigoso


A grande ocasião para escapar
Do trânsito, do terno e do barulho da cidade
Chega hoje, por meio da publicidade
O céu e o mar, em calma total
As praias tão douradas que começo a chorar
de emoção, quanto tenho o "sim" do papai
Um par de minissaia, tênis, maiô
E meia tonelada de bronzeador
O rádio, a maquiagem, meus óculos de sol
Vou com a casa toda, sou um caracol
Verão perigoso, verão criminoso
Os meninos pedindo guerra, com este calor tropical
Verão perigoso, luxo espetacular
Com direito a orquestra e suíte na beira do mar
Tento dormir, e não pode ser
Os músicos tocando até o amanhecer
Por favor, chega de relaxar, pelo amor de Deus
Biquini sensual, pulseiras de pele
A areia super quente que queima meus pés
Não senhor! Não quero comprar nada! Nada!
Ressaca cruel, contaminação
As ondas trazem óleo de motor
Nem um lugar apenas para se descansar
Eu largo! Não agüento! Volto para a cidade
Sou perigosa
Sou perigoso
Sou perigosa
Sou perigoso
Milhares de pessoas, verão fatal
Verão perigoso, verão criminoso
Os meninos pedindo guerra, com este calor tropical
Verão perigoso, luxo espetacular
Com direito a orquestra e suíte na beira do mar
Verão perigoso