Melancolia na poesia da vida
Sei que lá de cima nos consegues ouvir
Eu não entendo esta tua partida, amigo Soley
Foste embora sem dar aviso
Deus fez a chamada respondeste ao seu pedido
É precioso compreender? que um homem bom parte cedo

Amigo, ainda não acredito que partiste
O bairro sem ti, mano, ficou mais triste
Não te despediste de niguem
Foste embora sem dar o aviso
Deus fez a chamada e tu respondeste ao seu pedido
É preciso compreender que um homem bom morre cedo
Foi isso que aconteceu e só assim eu entendo
A razão da tua precoce partida
A vida foi madrasta e disso em Odivelas ninguém
duvida, ma nigga,
Do meu coração tu já não sais
E peço que o paraíso, mano, te abra os seus portais
E te acolha no seu esplendor e rezo ao senhor
Para que ele te guarde do seu lado

Deus abençoe o brother que nos deixou
Metade das nossas vidas, consigo ele levou
Meu coração não se cansa, chora e já chorou
Porque passaram noites e dias e o meu brother não
voltou
Faz-me perguntar, então porque é que um gajo nasce?
Se tudo o que ganhamos na vida, a morte é quem desfaz

Isto inspira revolta
O mais fodido ainda é saber que o nosso sofrimento não
te traz de volta
Bons morrem cedo, maus continuam á solta
E neste Mundo a tua morte foi, a minha maior derrota
Neste vazio cheio de ignorância
A única coisa que me resta
É amar-te á distância
Vejo-te nos meus sonhos, dou-te a minha mão
Mas esta não te alcança
Voltaremos a estar juntos, não perco a esperança
Então descansa, no paraíso da minha mente
Na memória de todos nós, viverás eternamente
E como? Inexoravelmente, permanentemente,
perduravelmente
Soley mesmo de sempre
Um gajo que as tristezas não venciam, alegre e
sorridente

Meu soldado destemido, jamais serás esquecido
Verdadeiro thug nigga, Soley meu amigo
Diz-me, como é que vamos viver sem ti
Porque ODC mano, não é a mesma coisa sem ti aqui
A life é fodida, a life é marada
Mas quando penso em ti, boy não passa nada
Nunca levaste porrada, nunca papaste grupos
Lembro-me que eras puto e espancaste o Santiago
Pula muito grosso
E tu provaste que quanto mais big é o homem,
maior é sua queda
Esta é a cena que admiro em ti
Derrubaste colossos quando não passavas de um skinny
Tu és a inspiração pró meu hip-hop,
posso ser pequeno, mas ninguém derruba o Lancelot

One love Soley, cada rima escrita por ti,
É uma lágrima que cai do meu Lance, do Madi de um
smiley
e do rosto do Lie,
qualquer alma fraqueja quando a alma dum irmão se vai

Sei que continuas a olhar por nós lá do sky
Para os quarto cantos da rua, nem inverno sem chuva
nem deserto sem água
Nenhuma ausência consegue ser maior que a tua
Por ti, brother, a vela não se apaga
Assim transporto a dor, em forma de verso que se
propaga
Em corações destroçados
Que sentem a tu partida como uma coisa amarga
És um soldado falecido, mas jamais serás esquecido
A saudade, mano, é a nossa única riqueza
Porque lembrança é a fonte, de onde parte toda a
tristeza
E juntos fazemos-te, mano, esta dedicatória
Todos olhos em ti, o teu nome ficou na história


Melancolia na poesia da vida
Lá em cima eu sei que nos consegues ouvir
Não faz sentido a tua precoce partido, amigo Soley
Foste embora sem dar aviso
Deus fez a chamada respondeste ao seu pedido
É preciso compreender? que um homem bom morre cedo
(2x)

Vídeo incorreto?