Carla Fernanda do cabelo cor de asfalto
Foi prô Japão e me deixou chupando o dedo
Eu sô um gordo cabeludo envergonhado
Com uma cara de marvado
E com saudade do teu chêro
Eu perdi você prum japonêis de ôio curto e batatêro
Eu vô de combi vô até o fim do mundo mas não quero
Vagabundo aparpando o seu trasêro
Carla Fernanda me deixô aqui sozinho
Me iludi cás vagabunda da cidade
Tomei um porre prá isquecê dessa sardade
Que eu tenho da menina que me fez essa mardade
REFRÃO
Mandei cartas de amor
E você não respondeu
Nem sequer telefonou
Acho até que me esqueceu
Mas não pense que é tão fácir
Porque eu não vô largá teu pé
Carla Fernanda se tu não vortá
Eu vô me casá com otra muié
Eu perdi você prum japonêis de ôio curto e batatêro
Eu vô de combi vô até o fim do mundo mas não quero
Vagabundo aparpando o seu trasêro
Eu vô de combi vô até o fim do mundo mas não quero
vagabundo bulinando o travesseiro

Vídeo incorreto?