Tô no mato sem cachorro, eu tô pedindo socorro, tô com saudade dela
Na briga sem munição, o alvo é meu coração e eu tô perdendo a guerra

Vivo bebendo e chorando, nas ruas perambulando, perdi o rumo da vida
Sem ela virei bagaço, meu peito tá um regaço, tô num beco sem saída
Sem ela virei bagaço, meu peito tá um regaço, tô num beco sem saída

Não adianta beber, não adianta chorar, não sei o que vou fazer se ela não quiser voltar
Vou continuar pelo mundo, andando feito vagabundo, pedindo pra me perdoar [x2]

Vídeo incorreto?