Nuvem passageira cortina do espaço
Que as vezes passa sem lembrar de alguém
Ouça um pedido que a você eu faço
Não deixe faltar a chuva pra ninguém
Se vier do sul ou se vier do norte
Pare um pouquinho aqui no meu sertão
E chova bastante porque minha sorte
Esta na semente que plantei no chão

Refrão 2x
Nuvem passageira nesse solo quente
Há tempo não vejo o meu mato verede
Minha plantação, meu rio e meu gado
Estão precisando saciar a sede

Quando a chuva passa o sol aparece
Um lindo arco iris abraça você
O "home" do campo contente agradece
Aquele pedido que fez pra chover
Nuvem passageria que no mês de maio
Choveu pra vingar a cor do capim
No campo do amor eu vivo de orvalho
Traga uns pinguinhos de chuva pra mim

Vídeo incorreto?