Duas ou três vezes eu pensei em ir embora e ao abrir aquela porta algo me trouce de volta, covardia ou amor? Fez você tanto fez e nunca aprendi, eu já falei você não quis ouvir, o teu orgulho vai te destruir você não muda.
Uma hora quebro tudo ponho a cara pra bater, eu não quero nem pensar se vou ser eu quem vai sofrer, uma hora essa incerteza vai conseguir me derrubar, tudo bem não tenho lágrimas pra chorar.
(Refrão)
Ai você vai ganhar as madrugadas novamente, vai dormir em camas diferentes, vai voltar ao jeito que era antes, Ai você vai voltar a ser a dona da ilusão, cada dia uma história uma nova paixão, refém do próprio desespero.

Vídeo incorreto?