Sozinha pela estrada fora
Caminhando com o mundo e com o destino
Encontrar a verdade de mim
Encontrar o meu caminho
Chego ao fim da viagem sem rumo
Pela frente o desejo sonhado
De encontrar a verdade da vida
De encontrar prazer no pecado
Chora por mim, que eu choro por ti
Foi preciso pecar para sentir-te em mim
Chora por mim que eu choro por ti
Que infeliz ao tentar apagar
A memória que ainda resta de ti
Mergulho na noite sombria
Recordo momentos sem fim
Chego a pensar no que ficou perdido
Quero-te gritar paixão
Talvez seja mera ilusão

Vídeo incorreto?