No céu pintado de azul


Acho que nunca mais vou ter um sonho assim:
Eu pintava minhas mãos e meu rosto de azul
Depois de repente eu era carregado pelo vento
E começava a voar no céu infinito

Voar...oh..oh
Cantar...oh..oh..oh
O céu eu pinto de azul
Feliz por estar lá em cima
E voava voava feliz mais alto que o sol e ainda mais alto
Enquanto o mundo aos poucos desaparecia lá longe, lá embaixo...
Uma doce música tocava somente pra mim..

Voar...oh..oh
Cantar...oh..oh..oh
O céu eu pinto de azul
Feliz por estar lá em cima
O céu eu pinto de azul
Feliz por estar lá em cima