Deus diga pra esse coração, que é hora de mudar de
estação
O inverno já passou
Chuva forte trovoada tempestade, mas nada comparado
com a saudade
Que eu sinto desse amor

Preciso entender que é primavera, que eu não posso
mais viver de solidão
No meu peito brisa mansa na esperança de salvar meu
coração
Morrer de amor é coisa do passado, é noite de saudade
mal dormida
Roupa velha desbotada uma página virada em minha vida

Ai ai ai ai ai aiiii tô jogado parecendo um cão sem
dono
Sem castelo sem rainha rei sem trono, e ainda cem por
cento solidão
Ai ai ai ai ai aiiii nem cachaça nem remédio que de
jeito
Eu preciso é jogar dentro do peito, pelo menos meia
dúzia de paixão

Morrer de amor é coisa do passado, é noite de saudade
mal dormida
Roupa velha desbotada uma página virada em minha vida

Ai ai ai ai ai aiiii tô jogado parecendo um cão sem
dono
Sem castelo sem rainha rei sem trono, e ainda cem por
cento solidão
Ai ai ai ai ai aiiii nem cachaça nem remédio que de
jeito
Eu preciso é jogar dentro do peito, pelo menos meia
dúzia de paixão

Ai ai ai ai ai aiiii tô jogado parecendo um cão sem
dono
Sem castelo sem rainha rei sem trono, e ainda cem por
cento solidão
Ai ai ai ai ai aiiii nem cachaça nem remédio que de
jeito
Eu preciso é jogar dentro do peito, pelo menos meia
dúzia de paixão