Alguém na porta a me pedir do que se pede mais
Alguém na rua vai fugindo desse alcatraz
O que eu quero, o que me querem, meu querer demais
Ninguém escuta o que eu preciso
Meu juízo mais preciso diz: preciso paz

Quando crer é o que quero (mais)

Alguém, alguma coisa louca, a vontade de rir
De tudo o que se põe na boca pra poder sorrir
Menos um sorriso perfeito de perfeito rir
E o meu rosto satisfeito, no direito, do meu jeito
De meu deus seguir

Quando crer é o que quero mais!

Vídeo incorreto?