É pra você que eu canto essa
Que eu canto com vontade de lhe ver aqui voltar
Você que esqueceu do que é a tal perseverança
E da esperança de algo mudar

Você que teima em me dizer
Que basta ser homem comum para poder testemunhar
Testemunhar o quê, já que fazer meio caminho
É estár tão longe da chegada

Você, você não saberá
Se não seguir pra ver o que há no fim da estrada
Você, você não saberá
Da festa que Deus Pai prepara pra essa volta

É pra você que eu canto essa
Que eu canto com vontade de lhe ver aqui voltar
Você que esqueceu do que é a tal perseverança
E da esperança de algo mudar

Você que teima em me dizer
Que o seu tempo já passou e agora tem visão melhor
Me diga que visão terá aquele que evitou
Chegar ao topo da montanha

Você, você não saberá
Se não seguir pra ver o que há no fim da estrada
Você, você não saberá
Da festa que Deus Pai prepara pra essa volta

Você que mora ao meu lado, do lado do coração
Você na frente do espelho, eu sou você, meu irmão
Você que fica acordado, imaginando o futuro
Deixando Deus do seu lado, e Ele chamando você... você

Você, você não saberá
Se não seguir pra ver o que há no fim da estrada
Você, você não saberá
Da festa que Deus Pai prepara pra essa volta
Você...

Vídeo incorreto?