Eu quero te dar, Meu tudo minha vida
Aceite Senhor, As minhas primícias
Tudo que eu tenho, É tão pouco pra ti
Mas com alegria, Eu vou te servir

Das colheitas as primícias eu te dou
O primeiro em minha vida é o Senhor
Meus celeiros vão encher e transbordar
Do seu poder

Nunca vi um justo ser desamparado
Ou quem confiou em ti ser humilhado
Pois quem da com alegria vai colher
Pois Deus faz vencer

Te obedecer
É o meu maior prazer
Hoje eu vim te devolver
O meu melhor, minhas primícias
No seu altar
Hoje eu quero te provar
Minha oferta eu vou plantar
E vou colher, cem vezes mais

Repreende o devorador, E desfaça todo mal
Abra as janelas e derrame as tuas bênçãos
Sobre minha vida, sobre mim
Abre as janelas, e derrame as tuas bênçãos

Vídeo incorreto?