Que eu perco a concentração
Sinto a troca de letras
Pode ser da situação ou então são só das dicas
Toda a gente é diferente ou com o que é que te identificas
Somos todos tão reais para que é que servem as cantigas
Não ficas diferente em vão
Com a mona e com os tigas
Eu não me sinto mudado só porque mudas e ficas
Desconcentrada enquanto modificas bué
Mas a culpa nunca é tua, a minha cena é que é o ego
Toda a gente diz que eu tou diferente, que a culpa é da industria
Que eu me encosto lentamente e ela me roubou a musica
Roda num canto (?) a fama fez-te mal na hora
Péra, toma uma beca eu quero-te ver a seres real agora
Melhores amigos eram muito melhores antes
Agora se não tás presente é porque não são importantes
E fazem muito mais questão de poder andar contigo
Se antes eras um amigo agora és o amigo, man
Ficas comprometido e não sabes
Se isto é definitivo ou são fases
Se tudo o que tu escreves são frases
Ou sentenças que descrevem enlaces
O que trazes, o que fazes vai mudar quem tu és
O mundo só não muda quem o gira com os pés
Não sei se mudei muito ou se o mundo girou tanto que eu pareço mudado sem ter mudado entretanto

Refrao:
Eu vejo o mundo mudar, rodar á minha volta
Eu tento acompanhar, que nada mais importa
Sei que se eu falhar, que se eu cair agora
Que não te vais baixar, pró mundo que está de volta
Sinto o mundo mudar, eu sinto o mundo rodar
E eu só tento manter-me cá dentro
E se eu parar de lutar para manter este lugar, eu sou mudado no escuro do esquecimento

Eu tou mudado como um fado na boca da mariza
Eu tou num estado que assume o estado para aquilo que visa
Mostrar que eu sou tudo que pensas que não devia
Rockstyle, suppa style, whatever man, eu já sabia
Damn, tudo a volta tá diferente pra cá vir tava na fila, agora passam-me á frente
E a surra que me passa o cartão foi sorridente (?)
Pra rumar aqui bué da vezes e a seguir (?) bué da gente
Ok, casa paga e e o cartão nem faz diferença
Até posso entrar com o cap que o boss pede licença
Pergunta se eu posso tirar uma foto mas com bué da pose, que eu sou bem-vindo e qualquer coisa é só ditar o toque
Damn, man, eu tou memo bué mudado porque as bitches que eu só via já querem cumprimentar
E ela curte a minha cena, diz que eu merecia tar
onde eu tou, porque o talento tem memo de se aproveitar
Só não percebo é como é que eu mudei tanto, como é que eu fiz para ficar tão diferente entretanto
É que isto pega, eu vejo bué da fêmeas , garanto, de putaria não queria dizer, mas não sou santo
E elas falam, fico a ve-las, porque eu nem sinto essas cenas, são todas “como umas estrelas” só porque são bué morenas
Fica o charme mas não pode, se eu falo ela até treme, diz: olha até tens charme mas não és como na Maxmen

Refrao:
Eu vejo o mundo mudar, rodar á minha volta
Eu tento acompanhar, que nada mais importa
Sei que se eu falhar, que se eu cair agora
Que não te vais baixar, pró mundo que está de volta
Sinto o mundo mudar, eu sinto o mundo rodar
E eu só tento manter-me cá dentro
E se eu parar de lutar para manter este lugar, eu sou mudado no escuro do esquecimento

Vídeo incorreto?