Era um tempo
Em que a flor não se abria
O amor não se dava
A dor machucava
Vivia sem paz

Ao te ver guria,
A vida se refaz...

E chovia,
Na tarde cinzenta
O vento zunia
Na rua vazia
Escura demais

Ao te ver guria,
O sol então se faz.

Pra ti guria eu canto,
Pra ti guardei-me tanto,
Chegaste ensolarando
Os campos, e atiçando
O fogo da ilusão...

Guria primavera,
Amor mais que perfeito,
Agora não tem jeito
Eu quero mergulhar
No mar desta paixão..!

Vídeo incorreto?