[Refrão]
Distintas palavras invadem minha mente,
atos tornam-se inconcequentes,
conflitos surgem tão derrepente,
poucos pessoas sabem o que se sente.

[Rap]
Acordo de um sonho estranho,
me pergunto em que ganho,
se ao meu redor,
vejo uma classe de média para alta, com tudo do melhor,
sim estou no meio e envolvido, mas creio que é fato, que tirar foto é fácil,
quero ver quem se retrata, eu me retrato, a tudo sou grato,
mas do que adianta, manter-se no topo, vida boa,
se lá fora tem alguém chorando e não é atoua,
por isso paro, logo me encontro em um ponto,
onde estou cercado, protegido, mas bolado, seguro, mas assustado!
Tudo visa minha proteção, e a bela casa então,
tornam-se uma prisão,
um quartel, minhas palavras entram em conflitos e me provam que dinheiro é só papel.
Muitos acontecimentos sequências,
casos diversas vezes banais,
por isso eu mando a real, é a realidade atual!

[Refrão]
Distintas palavras invadem minha mente,
atos tornam-se inconcequentes,
conflitos surgem tão derrepente,
poucos pessoas sabem o que se sente.

[Rap]
Muitos criticam sem pensar,
porque só querem músicas para dançar...
Pra que nisso se fixar?
Tudo bem, é bom, mas vamos tentar algo mudar, ao menos balanciar,
porque outros só querem falar, mostrar, hostentar, serem roubar ou roubar, sei lá...
Loucas discuções, movidas por estranhas ações
Inconcequentes, pessoas maduras ou duentes, que mechem com a vida dagente.
Entre palavras e conflitos, acordo, me ligo, me livro,
de falsos amores, de falsos amigos.

Nessa vida, quase tudo é uma confusão, bizarra ilusão, futil detenção
de as vezes quem não fez nada, porque quem é culpado, já é motivo de piada
só me importo de ver um ultimo por do sol, na praia ou na estrada
e andar no silêncio ensurdecedor de uma ultima madrugada!

Distintas palavras invadem... (Minha mente)
(Atos tornam-se inconcequentes).
Conflitos surgem tão derrepente,
poucos pessoas sabem o que se sente.

[Refrão]
Distintas palavras invadem minha mente,
atos tornam-se inconcequentes,
conflitos surgem tão derrepente,
poucos pessoas sabem o que se sente.

Vídeo incorreto?