"Ore ao Senhor, mantenha a fé, mantenha a fé, peça ao Senhoooooor..."

Andando pelo campo sinto "A" força maior
Acima do lugar e das cabeças ele habita
Autor e construtor de tudo, tudo ao meu redor
Sempre blasfemado por alguém que não credita

Não tenho no meu bolso notas de cem sobrando
A terra enche a mesa, dá de graça e com fartura
O que nos grandes centros muitos estão tentando
Aqui eu vou colhendo a safra da semeadura

Sol e chuva ao solo que produz o "pão"
Aquecem e molham para renovar
Fauna e flora em perfeita comunhão
Fazem a alegria surgir e se espalhar/Celebram o encanto de um dia singular

"É sempre blasfemado e por gente que desacredita
O autor e construtor de tudo ao nosso redor
Acima desse lugar e num plano superior Ele habita
Andando pelo campo sinto essa força maior
Quem criaria tantas obras ricas em detalhes e banhadas de primor?
Só poderia ser o Criador do próprio esplendor
O Grandioso Mestre e Mentor
Nesse mundão azul, não tem cá quem se iguale
Se quiser que sua voz chegue até lá, com C-R-I-S-T-O então concentre-se e fale
Pois o iníquo trabalha dia e noite para que a humanidade silencie e se cale
O homem colabora com aquele bicho pernicioso dando margem para o adverso
Nos momentos mais difíceis quem estende a mão é o poder que rege todo o universo
Mas, o ser humano só se curva e pede quando é profunda a dor ficando totalmente imerso
Sermos gratos nós devemos, seja o dia de aridez ou de chuva de maná
Gratidão pela higidez, pelo o que se come e pelo o que se comerá
O ar que nos rodeia e a luz para as retinas, Ele é quem dá
J-E-O-V-A
Se-nhor 'Jah', Je-o-vá!"

Vídeo incorreto?