Sempre vou partir para algum lugar
Pra recomeçar, mudar, mudar, mudar
Sempre vou querer de novo me encontrar
Para me perder enfim me reencontrar

Num mundo totalmente diferente
Onde se sente a dor mas ficar mais contente

Sempre eu vou voltar pra me transformar
Tudo que ia bem mas nem ia tão bem
Preste atenção, eu sou de escorpião
Prefiro morro do que ver sofrer

Olha aí, cuidado com a sorte
Não beba muito para dirigir

Eu vou mostrar pra vocês
Como se dança o baião

Devo prosseguir agora uma missão
Leve a minha cruz que ela é de isopor
Com meu hidrocor vou colorindo o sete
Não se estabelece nenhuma função

Plausivel de ressentimento
Estranha a sua inteligência

Vou finalizar a história que inventei
Se quiser falar eu estou pra te ouvir
Mas não vem dizer que não sabe o que dizer
Prontamente lembre que a solução

Não ha enquanto se quiser
Querer pode até prejudicar

Vídeo incorreto?