Sambalanço


Quando ela se arruma pra sambar,
Ela arrebenta, passa batom.
Ela tem um rebolado, quem não ver, não acredita.
Ela tem o sangue bom.

Ela samba no compasso, a multidão abre espaco.
E quando eu passo com meu samba.
Ela fica toda bamba, e já quer sambar.

Ô vem ver, eu sambalanço.
E do meu samba ela não sai, {refrao}
Ô vem ver, eu sambalanço.
E do meu samba ela não sai.

Meu coracão sapucaia,
Vira uma escola de samba, evolucão
Na bateria ela e a rainha,
E quando passa sambalanca e arrasta uma multidão.

Ela samba no compasso, meu coracão vai pro espaco.
No batuque o corasamba
Quando toco o meu samba ela só quer sambar.

Refrão (3 x)