A agonia do choro olhando pro prato vazio
Tristeza no semblante dos povos desse meu Brasil, aiaiaiaiaiai...
A agonia do choro olhando pro prato vazio
Tristeza no semblante dos povos desse meu Brasil

Eu já fiz a cabeça seu moço mas não resolve
Eu te pesso um trocado tu me disse que não pode
Eu já fiz a cabeça seu moço mas não resolve
Eu te pesso um trocado tu me disse que não pode

Crianças estão se drogando pra dormir na escuridão da noite
O destino dessa gente só Deus pode decidir...

(Refrão)
Mas compreenda
Que agente não quer se render
Mas compreenda
É fácil falar porque não é você, não, não
Mas compreenda
Que agente não quer se render
Mas compreenda
Porque é fácil falar porque não é você

[fala]
Perceba que é muito fácil falar
Só sabe da dor quem por ela passou
Que sente na pele, a dor que fere,

A agonia do choro olhando pro prato vazio
Tristeza no semblante dos povos desse meu Brasil, aiai...
A agonia do choro olhando pro prato vazio
Tristeza no semblante dos povos desse meu Brasil

Eu já fiz a cabeça seu moço mas não resolve
Eu te pesso um trocado tu me disse que não pode
Eu já fiz a cabeça seu moço mas não resolve
Eu te pesso um trocado tu me disse que não pode

Crianças estão se drogando pra dormir na escuridão da noite
O destino dessa gente só Deus pode decidir...

(repete refrão)

[fala]
É fácil falar porque não é você
Só sabe da dor quem por ela passou
Salve os nossos antepassados
Decendentes da escravidão
A nossa luta foi forte mas suporta-se com elas que delas ficaram
E aqui estamos nós desse jeito compreenda

Vídeo incorreto?