De repente
Quer dizer que BU! Assustei-te
O teu complexo é desfeito
E aí começa o respeito
De repente
Jovem com talento sonha alto
se o meu som é abrangente de repente é Sell out
De repente
O pessoal fica mal agradecido
Mas se eu falo de repente já sou bué convencido
De repente
Já não há Mixtapes para um MC que semeia a pesquisa que fez
Tu já não o vês
De repente
Já não grava a rádio e toda gente grava cd's
Já não há o culto de ouvir a antena 3
E OS MC's
Perderam o amor
Rendem-se à qualquer valor
E aquilo que eram contra são a favor
De repente
Biters evoluíram
estão tão afrente que bitam cenas que ainda nem saíram
(What??)
De repente eu rebento, eufórico
boy económico cheque cómico
que em nada me rendeu
De Repente
(NBC)
Tou!
G boy, agora tou aqui..tou no...tou a gravar uma cena boy
Tou a aqui...tou a gravar...
De repente
Todas as Editoras já querem por as mãos à obra
E um pobre amador sobe o valor que cobra
Esse ambiente
Fica cínico, hipócrita e ensina-me que é só fita
à mínima dica insólita
De repente
hábitos súbitos
vêm rápidos estúpidos
E fazem com que o duvides de ti
E como eras antigamente e de repente
Evoluis e concluis
Que é normal no teu crescimento
De repente
Já não és adolescente
Vais ser pai por acidente
Um canuco, a mãe fodeu com toda gente
Esse ambiente
Muda o teu temperamento
Já não és coerente na paz, ficaste violento
De repente
'Tas carente e trais por trás
e à frente dás sinais, de entrega e negas quando sais
E para onde vais
De repente
O amor foi-se e eu já não oiço "amo-te"
E o tempo que nos trouxe Tanto
(Ficou...)
Desinteressante
De repente
A morte chama-te e é quando te ausentas
De uma vida que nem chegou aos "entas"
De repente
O que é recente vai ficando grisalho
O que era quente precisa de agasalho
E num ensaio de ideias
Bloqueias em linhas tinta permanente
E abandonas a que tinhas de repente

Vídeo incorreto?