Quero voltar pra casa
Para viver tudo de novo
Quero ir na vila
E dar um abraço no meu povo
Matar a saudade que não me deixa em paz
Vou ficar pra sempre
E não vou sair jamais

Eu saí por aí sem destino
Andei, andei sem parar
Eu vivi um pouco de tudo
E a vida me fez lembrar

Como era bom estar em casa
Rolando com os cachorros na grama
Com os amigos no bar, na gelada
E depois descansar na minha cama

No outro dia ir pra cachoeira
Brincar e tomar banho de sol
Mais tarde andar de bicicleta
E depois jogar o futebol

Ô saudade, dos meus velhos pais
Desse tempo que não volta mais

Quero voltar pra casa
Para viver tudo de novo
Quero ir na vila
E dar um abraço no meu povo
Matar a saudade que não me deixa em paz
Vou ficar pra sempre
E não vou sair jamais

Vídeo incorreto?