Se ela tá pensando
Que é a dona da parada
Ô coitada, ô coitada
"Sabe de nada, inocente"
Eu que sou o rei da madrugada

Sei que ela sai com as amigas
Que vai pra festa bombar
E com cara de ressaca
Vem tentando me enganar

Só posso ter cara de bobo
Ter jeito de trouxa
Mané, “boca aberta”
Mas isso eu não sou

Enquanto ela tá na balada
Se achando a gostosona
Me tirando pra babaca
Acha que eu tô na lona

Enquanto isso tô com a rapaziada
Numa churrascada
Tomando gelada
E amanhecemo na zona

Se ela tá pensando
Que é a dona da parada
Ô coitada, ô coitada
"Sabe de nada, inocente"
Eu que sou o rei da madrugada

Vídeo incorreto?