Pra cada lágrima triste que chorei
Surgiram dez poemas diferentes
Ao pai agradeço a estrada que passei
Passei e se ele quiser vou novamente

Pois quem acredita em deus
Não tem medo da escuridão
Aprende que quem faz o mal só merece perdão
Perdão que é o perfume da flor
O abraço contra a solidão
Sorriso no rosto e a bondade estampada nas mãos

Pra cada mentira que um dia suportei
Em mim uma verdade falava docemente
Que o bem não estava nas sobras que eu dei
O pobre é aquele que ajuda indiferente

Pergunte pro seu coração
Se fez pensando em receber
Se a gente pode ser feliz vendo o outro sofrer
Pergunte pro seu coração
Se foi certo o passo que deu
Porque se a gente melhorar
Vence você e eu

O amor é benção que vem de deus
Há quem diga: é só meu!
O amor é de quem quiser, quem tiver
O amor é a chave de uma razão
Que sempre tem solução
Pra tudo que a gente quer

Vídeo incorreto?