Bem, em teu olhar,
Mora o sorriso radiante
Das centelhas do amor.
Vem, do céu, do mar,
Do infinito mais profundo
Dos confins da maravilha.

De lá de onde,
Nascem os desejos,
Que cristalizam
Os segredos da paixão.

Então se vê,
Um orvalho de estrelas,
E um banho de lua cheia,
Lava o rosto da saudade.

Vídeo incorreto?