Se sorrindo eu encontrar
Um aparecer feliz
Um cafuné, um aconchego
Pra minha sede, um chafariz
Criatura mais formosa
Que nem chuva no sertão
Pensei comigo, encheu a vista
E transbordou meu coração
Seu olhar seria o verde
Que deseja a plantação
No seu nome um sol bastante
Só queimando de paixão
Doidice e meia foi pensar
Ter visões e delirar
Minha dona, eu não sabia
Logo vir a nuvem cinza
Carregada a contra-gosto
Pelo vento do outono
Quando um dia o arco-íris
Eu cruzar, feito andorinha
Dou meia-volta, engano ele
Serie rei, serás rainha.

Vídeo incorreto?