Te vi passar 100 metros do meu coração
Acelerou, desparou minha pulsação
O meu suor saindo nos poros da mão
Perdi a voz não quis te chamar atenção

Me escondi foi pra você não perceber
Um paparazzi feito louco atraz de você
Acumulando as imagens no meu coração

Fiquei a observar quem ja me pertenceu
Chorei só de pensar que o culpado foi eu
Fiquei sem rumo, sem destino tambem sem razão

Te filmando com os olhos pra depois lembrar
Aquela tarde fria que te vi passar
Que por orgulho nao fui falar com você
Te filmando com os olhos molhados de dor
Eu que virei um cinegrafista amador
Guardando as imagens que lembra você

Vídeo incorreto?