Olha que planta
Que trança na cabeça
Espero que me proteja
Ilumine sensações

Ruas, vielas e guetos, com certeza
Nosso jeito é nobreza é a força de milhões

Quantos olhares terei que saber? Quantos destinos verei acontecer?
O vento soprou, madrugadas vão passear
A voz que calou também pode fazer sonhar
Ninguém me entregou as chaves do amor

Oi, vá, não chore
Chega pra cá

Sabe aquele caruru, que ela vai oferecer?
Veja a cor da conta se é do santo que imagino ser

Vídeo incorreto?