The promise (tradução)


Nós temos traçado os movimentos das tribos
Conduzido em correntes nas ruínas ardentes
De sua amada cidade na escravatura
Depois de dois mil anos de exílio e dispersão,
Eles retornaram para casa apanhados fora
Muitas pessoas... Á antiga terra arruinada
Ele vieram para clamar sua terra prometida
E abraçar seu trágico e profético papel...
Machucado e sangrando nos séculos de sofrimento,
Eles permanecem para pagar o preço do sangue mais uma vez...

Deus salve Israel, a espada das escassas ladeiras abaixo dele,
A falsa paz causou a fase, o holocausto final aguarda...
... E quando o poder das pessoas santas é completamente destruído,
Todas essas coisas serão finalizadas...
Quando a plenitude dos gentios for terminada,
Toda a Israel será salva...

"Em seus olhos nós ascenderemos, apareceremos e mediremos seu templo divino...
Em seu tempo nós somos alinhados, restauramos o santuário de Cristo..."

E no tempo quando o terceiro templo permanece,
A hora da redenção está seguramente na mão...

"Senhor, coloque seu santuário em nosso meio para sempre,
Veja-nos como estamos perdidos no dia.
A verdade vem adiante, nós oramos, ó Senhor
Conduza-nos nosso eterno destino, redima a terra
Da maldição do pecado e sofrimento; nós cantamos "Maranata"..."

"Israel; minhas pessoas permanecem e procuram minha face novamente...
E virá para passar nos últimos dias
Eu derramarei fora meu espírito na carne, e seus filhos e
Filhas profetizarão... E os homens jovens virão visões,
E homens velhos sonharão sonhos... Através dos olhos de
Uma criança, no tempo dos selos está a promessa revelada..."

"Veja, eu enviarei você, Elias, o profeta
Perante a vinda do grande e terrível dia do Senhor...
Veja meu pacto ocultado no tempo;
A lei de Moisés é revelada...
E eu darei poder as minhas duas testemunhas..."

"Veja a voz do único chorando no sertão;
Prepare o caminho do Senhor..."
Veja, o profeta da lei veio
Para você novamente... o dia de minha ira nasceu...
Veja, os profetas do julgamento vieram,
Veja os dois únicos ungidos...
E eles profetizarão mil duzentos e sessenta dias..."

E eu vi quatro anjos nos cantos
Da terra, segurando trombetas,
Aguardando o comando...

Veja a divina ascensão do subir do sol,
O selo do Deus vivo
A voz do único chama...

"Não prejudique a terra ou o mar
Nós selamos os servos
De nosso Deus sobre suas frontes..."

E eu ouvi o número dos selados;
Cento e quarenta e quatro mil revelados;
Um milhão e duzentos mil tempos; um milhão e duzentos mil selados
De todas as tribos dos filhos de Israel...

"... Da tribo de Judá, da tribo de Rúben
Da tribo de Gade, da tribo de Aser,
Da tribo de Naftali, da tribo de Manassés
Da tribo de Simeão, da tribo de Levi,
Da tribo de Issacar, da tribo de Zebulom,
Da tribo de José, da tribo de Benjamim..."

"Levante-se e meça o templo de Deus...
Proteja minha cidade amada até que eu venha..."

"Navegue na tempestade, navegue na tempestade..."

"Ó meu povo que mora em Zion;
Não tema Assíria...
Ela será conduzido no templo;
Coroada em desolação...
Quando você ver a abominação
Permanecendo no lugar santo;
Então deixe-os em Judéia
Fuja para as montanhas...
Ate-se para o holocausto,
Prepare-se para seu êxodo final...
E não procure seu reinado ascendente, porque ele está perdido...
Mas o reinado do verdadeiro messias
É eternamente vindo..."

"Habite até que eu venha..."