Olhos nos olhos


Uma vida começa outra termina
Assim como um outro dia inicia
A vida flui num círculo perfeito que envelhece
Acontece a mim
Acontece a ti
Eu quero acreditar que ainda estas ao meu redor
Que ainda estas ao meu redor o tempo todo
Eu não tenho dúvidas que um dia no céu
Estarei contigo novamente
Eu te verei novamente, verei novamente
Reparta o pão, beba o vinho
Em meu coração viverás para sempre
O tempo de ir nunca é certo
Quando dizemos adeus
Enquanto estivermos aqui não devemos desperdiçar
Um dia se quer na vida para dizer eu te amo
Neste momento eu desejo tanto, te ver
Olhos nos olhos
Quanto voltaste para casa, a guerra acabou
Há muitos anos atrás, o que compete a mim,
Eu estava tão orgulhoso no dia em que me disseste
Que não havia mágoa alguma
Nenhuma
Reparta o pão beba o vinho
Em meu coração viverás para sempre
O tempo de ir nunca é certo
Quando dizemos adeus
Enquanto estivermos aqui não devemos desperdiçar
Um dia na vida para dizer eu te amo
Neste momento eu desejo tanto, te ver
Olhos nos olhos