Assassino de virgem


Chore como se você precinta ,
Tente como se você precinta, sinta..!
Tente escapar,
Chore para escapar, escape..!
É tão duro ir embora
Ele é um assassino de virgem

Não, não, não, você não pode ver?
Não, não, não, você não pode ver?
Você é um demônio, você é um demônio,
Você é o desejo do demônio

Morte na tela,
Revistas sádicas, veja la fora
Suicídios todos os dias,
Meios políticos, aprenda
Bem, você não pode achar novos meios
Mas ele é um assassino de virgem

Não, não, não, você não pode ver?
Não, não, não, você não pode ver?
Você é um demônio, você é um demônio,
Você é o desejo do demônio!

Lixo nos córregos
Bombas em seus sonhos, olhe
Tubarões nos quadros,
Prescrições de exorcista, esqueça
Tente ficar longe disso,
Porque ele é um assassino de virgem

Não, não, não, você não pode ver?
Não, não, não, você não pode ver?
Você é um demônio, você é um demônio,
Você é o desejo do demônio!