Quando eu nasci a minha mãe não tinha leite
Fui criado como um bezerro enjeitado
Mamei em vacas em tudo que tinha peito
E assim deste jeito
Fiquei mal acostumado

Hoje sou homem e arranjei uma cabritinha
E passei a mamar
Nos peitinhos da Fofinha

Eu gosto de mamar
Nos peitos da Cabritinha
Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha
Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha

Mamo à hora que eu quero porque a cabrita é minha.

Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha
Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha
Eu gosto de mamar
Só nos peitos da cabritinha
Mamo a hora que eu quero porque a cabrita é minha

A cabritinha gosta de boa comida
Boa cama e boa vida
Adora luxo e bem-estar

Ela adivinha a hora que eu chego em casa
E vai logo preparar
Os peitinhos para eu mamar

Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha
Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha
Eu gosto de mamar
Nos peitos da cabritinha

Mamo a hora que eu quero porque a cabrita é minha

Vídeo incorreto?