Estou aqui


Já sei que você não virá
Tudo o que aconteceu
O tempo deixou para trás

Sei que você não voltará
O que nos passou
Não se repetirá jamais

Mil anos não me bastarão
Para te apagar e esquecer

E agora estou aqui
Querendo transformar
Os campos em cidades
Misturando o céu com o mar

Sei que te deixei escapar
Sei que te perdi
E nada mais vai ser igual

Mil anos podem bastar
(Mil anos podem bastar)
Para que possas perdoar

Estou aqui querendo-te
Afogando-me
Entre fotos e cadernos
Entre coisas e lembranças
Que não posso compreender

Estou enlouquecendo-me
Trocando o pé pela cara minha
Essa noite pelo dia
Que nada posso fazer

As cartas que escrevi
Nunca as enviei
Já não quer saber de mim

Não posso entender
O quão tonta que fui
É questão de tempo e fé

Mil anos com outros mil mais
(Mil anos com outros mil mais)
São suficientes para amar

Estou aqui querendo-te
Afogando-me
Entre fotos e cadernos
Entre coisas e lembranças
Que não posso compreender

Estou enlouquecendo-me
Trocando o pé pela cara minha
Essa noite pelo dia

Estou aqui querendo-te
Afogando-me
Entre fotos e cadernos
Entre coisas e lembranças que

Estou enlouquecendo-me
Trocando o pé pela cara minha
Essa noite pelo dia

Se você ainda pensa algo em mim
Saiba que sigo esperando-te

Estou aqui querendo-te
Afogando-me
Entre fotos e cadernos
Entre coisas e lembranças que

Estou enlouquecendo-me
Trocando o pé pela cara minha
Essa noite pelo dia

Estou aqui querendo-te
Afogando-me
Entre fotos e cadernos
Entre coisas e lembranças que

Estou enlouquecendo-me
Trocando o pé pela cara minha
Essa noite pelo dia

Estou aqui querendo-te
Estou aqui
Estou enlouquecendo-me
Estou aqui querendo-te