Quanto tempo passou vi tanta coisa mudar
A velha essência morreu não da pra acreditar
Falo sobre valores, não me refiro a preço
Se essência é a mesma, então mudou de endereço
Cade a infância, a brincadeira, cadê a diversão?
Cade as crianças brincando sem preocupação
Antigamente era simples, mundo de imaginação
Hoje criança nem pensa só aperta botão
Não se sobe mais em árvore só em elevador
Não solta pipa mais no parque só no ventilador
O ser humano se isolou da sua própria raça
Construindo condomínio, destruindo praça
Contato virtual não transmite o calor
O sentimento real já perdeu o seu valor
O romance acabou, se rompeu os laços
Antes filhos por amor, hoje filhos por acaso

Sem ser nostálgico, lembrei de quando eu tinha 10
Curtia rua mais que a casa agora se inverteram os papéis
Varios rolê, brincar de polícia e ladrão...
E hoje nem sei, se a polícia é o ladrão!
Então, criei vergonha e assumi
Se eu queria um lugar melhor eu sai
Vi maloqueiro, trombadinha, bandido e marginal
Que com 12 era na rua e 16 no funeral (nada mal)!
Pergunta onde é que tá a familia?
Pai no buteco, a mãe é puta, não tem primo, nunca viu a tia
Talvez fosse o que mais me encomodaria
Se o problema não fosse aquele que tem tudo todo dia
Mal comportamento, trata mal os pais
Aliás quando ele consegue ver os pais?
Dizem que a pirraça é problema emocional
Pra mim são órfãos de pais vivos irmão, na moral!

O tempo passa mais nem vê, prega mais não crê
Do que antes ajude o próximo, hoje, ajude você!
Fala não vejo fazer, promete não fico seguro
Vivo em prol do passado onde tinha mais futuro
Vou seguro de mim mesmo igual ronaldo com a bola
Trago a essência de cartola, frutos bons da nova escola
Juventude hoje chora, tristeza toma conta
Não se faz mais história, só conta
Morte, acerto de contas, protesto, rebelião
Role no parque, só se for de diversão
Vivi no mundo de ilusão onde a graça não tem graça
O doce não é doce e a água é amarga
História pela descarga, status como um todo
Pra mudar nosso futuro só começando denovo
Reflexo de um povo sem essencia, sem raíz
Vamo de volta pro passado onde seremos mais feliz!

Vídeo incorreto?