Sem encomodo, formou, nós aqui, vocês lá
Sem padrão, não dá play se não me quer ouvir falar
Quem não canta o que vive não tem direito de cantar
Não vim pra ser mal falado ou muito menos falar
Sacou rapá? com o mic, um objetivo
Mostrar pra quem tanto fala que eu ainda to vivo
Se meu estilo te encomoda "foda-se"
Não vim pra ser modelinho, não sou artista de tv
To pra vê ainda muito mamata,
Se crescendo por contato e todo show usando máscara
Vim muda essa fraça, abalar a estrutura
Não dizer "sou mc" e me pagar de rua
Isso não é cultura, isso é palhaçada
Que voce próprio investe pra ouvir marmelada
É a verdade e mais nada vacilão,
Pros que acharam que era impossível é só uma questão de opinião

Se liberte das algemas vamos invadir a cena
Derrubar qualquer esquema, hoje eu boto pra quebrar
Pra abalar o sistema, esse é o dilema
Ou resolve o problema ou apodrece no sofá

Eu nunca fui de embalo, com o resto da moçada
Desde pequeno eu ja tinha minha opinião formada
Enquanto a garotada toda corria atrás da bola
Eu entrava escondido com o skate na escola
Via os mano se pirar em celular e mp7
E eu ali dando rec numa fita k-7
Não sei se é coisa de autista ou mania de artista
Mas eu nunca cantei pra fazer fama na pista
Meu rap é consciente, não faço apologia
Em meio a tantos iguais, criei minha filosofia
Quem não vive o que canta não convence quem escuta
Fazer forçado e por dinheiro é papel de prostituta
Não vou mudar meu estilo pra agradar mané
Vim pra falar a verdade, escute quem quiser
Se tu veio ser mais um, irmão, presta atenção
Figurinha repitida não completa coleção!

Vídeo incorreto?