Beijo vampiro


Me ame como você poderia me odiar
Pegue minha pele sob os seus lábios
Beba o meu sangue devagar
Deixe-me vampirizar você

Eu afogarei minhas presas sob sua carne
Explorar o seu corpo dentro
Com a minha língua eu estriparei sua mente nua
E saciado, abraçarei seu coração caído

Eu sussurro as palavras de seus ouvidos de uma outra idade
Numa língua que voce nao entende
Eles parecem ser o adágio mais bonito
Mas são apenas sedução e divino veneno

O meu beijo vampiro

Me ama como você poderia me odiar
Deixe minha mão repousar sobre seus quadris
Bebea o meu sangue docinho
Deixe-me vampirizar você

Minha alma é um túmulo solitário
Sem você só o frio fica dentro
Você é o único capaz de salvar me
Desta dor que eu tinha que esconder

Eu abro minhas asas acima da sua cabeça
E ao nosso redor agora não há nada, exceto a luz
Sentindo meus dedos acariciando suas veias
E respirar em seus braços

O meu beijo vampiro