Nunca espere alguém vir dizer pra você
O que deve ser feito
E como tudo deve ser
Nunca se espelhe no que viu na sua TV
Nada se encaixa
Um dia você vai perceber
Deixe o poder e a exclamação pra dizer
O que deve ser feito eu não
Vou ficar parado assistindo meu enterro
Aqui enterrado no chão
Eu vivo, eu penso,faço tudo consciente
Você pode achar loucura
mas enquanto você volta
Eu vou pra frente

Refrão:
Pare tudo agora use sua imaginação
(vire o jogo pra você)
A saída pode estar na sua mão
(vire o jogo pra você)
Use agora sua intuição
(vire o jogo pra você)
Não há tempo pra viver em vão

Não espere alguém vir mostrar
Pra você como deve ser feito
E como você deve ser
Tudo aquilo que constroem na sua TV
Te controla e poderá
Nunca mais perceber
Agora é sua vez de ditar as regras
Sai fora desse jogo sujo
Nada disso lhe interessa
Não espere ai sentado a sua ajuda vir de alguém
Que joga toda a esperança pro alto
Ao ver uma nota de cem

Vídeo incorreto?