Hoje tem roda de samba eu vou
Vou encontrar meu amor
E essa noite só vai dar eu e você

Quero o teu amor só pra mim
Sem hora certa pro fim
Eu lhe prometo que lhe encho de prazer

Vamos juntos pra gandaia
Promete que vai com aquela saia
Corpo queimado de praia
Que enlouquece a multidão

Não sou ciumento, confio no meu talento
Todo mundo tenta a sorte querendo desenrolar

Mais eu, que sou o cara

Eu, que sou o cara, mais eu

Eu que sou o cara (refrão 2)

(início da música)

Pode mandar bilhetinho, versinho, poema que ela nem
Repara, porque?

Eu que sou o cara (refrão 2)

Pode falar no ouvidinho, tirar pra dançar, que ela
Logo fala, que eu

Eu que sou o cara (refrão 2)

Quando ela chega no samba de saia curtinha todo mundo
Para, mais eu

Eu que sou o cara (refrão 2)

Quando ela mexe e remexe, nesse sobe e desce até mudo
Fala, mais eu

Eu que sou o cara (refrão)

Vídeo incorreto?