Jogue fora o seu retrato oficial
Seu canudo de papel
Seu diploma, seu anel
Jogue fora a covardia de fingir
A mania de mentir
De ser aquilo que você não é

Arranque de dentro de si as raízes da dor
E venha comigo cantar meu canto de paz e amor
Arranque de dentro de si as raízes da dor
E venha comigo cantar meu canto de paz e amor

Inda que o amor não lhe abre as portas
Não importa, não se perca! não reclame!
Inda que lhe acene a indiferença
Seja mais você e ame

Arranque de dentro de si as raízes da dor
E venha comigo cantar meu canto de paz e amor
Arranque de dentro de si as raízes da dor
E venha comigo cantar meu canto de paz e amor

Esqueça tudo
O egoísmo, a frustração!
O desejo engolido, o amor escondido
Seu coração }2x

Arranque de dentro de si as raízes da dor
E venha comigo cantar seu canto de paz e amor
Arranque de dentro de si as raízes da dor
E venha comigo cantar meu canto de paz e amor

Inda que o amor não lhe abre as portas
Não importa, não se perca! não reclame!
Inda que lhe acene a indiferença
Seja mais você e ame

Arranque de dentro de si as raízes da dor
E venha comigo cantar no canto de paz e amor
Arranque de dentro de si as raízes da dor
E venha comigo cantar meu canto de paz e amor

Esqueça tudo
O egoísmo, a frustração!
O desejo engolido, o amor escondido
Seu coração }2x

Vídeo incorreto?