Desfila no asfalto, quente da avenida
Derrama o suor e come purpurina,
Sou alucinada neste canto lindo
Sou perdido amante num reino encantado
Sou ma metade que se completará
Sade deus...
Eu queria ser o palco de uma vida
Cobrir de ouro esta avenida
Uma linda passarela só de carnaval

Mas...ela agora me sorriu
E às vezes chora.
Vivo nesta festa neste sonho lindo
Guardando do amante
O beijo e o olhar
Guardando na lembrança
As luzes da avenida
O canto de alegria, o samba a me chamar
É que o tempo tido é mesmo um tempo lindo
O som do samba se espalhar

Sabe deus, eu queria ser o palco de uma vida
Cobrir de ouro esta avenida
Uma linda passarela só de carnaval.
Carnaval, carnaval, carnaval, carnaval,
Carnaval, carnaval, carnaval, carnaval..eu vou... carnaval.

Vídeo incorreto?