Venho a ti,
Entregar a minha vida em tuas mãos,
Meu coração, tudo de mim.
Vem agora quebra a minha vida, oh Senhor,
Vaso novo eu quero ser,

És a minha rocha meu refúgio,
Contigo sempre sei que estou seguro,
Mesmo se no abismo eu entrar Cristo comigo vai estar,
Quero entregar o meu viver,
Tudo o que tenho o meu ser,
Fazem mim aqui o teu querer,
Pois em tuas mãos sim há
Poder eh, eh...

Vou trocar o meu fardo pelo Teu que é bem melhor,
Quero sentir o teu perdão,
Vem agora, purifica os meus lábios
Pra adorar, te bendizer,
Sempre louvar.

És a minha rocha meu refúgio,
Contigo sempre sei que estou seguro,
Mesmo se no abismo eu entrar Cristo comigo vai estar,
Quero entregar o meu viver,
Tudo o que tenho o meu ser,
Fazem mim aqui o teu querer,
Pois em tuas mãos sim há
Poder eh, eh...

Mesmo se eu chorar a noite inteira,
Sei que minha alegria vem pela manhã,
E se na fornalha eu tiver que entrar sei
Que o quarto homem não vai me deixar,
Quando pelas águas eu tiver que passar,
Tua mão me guiará e eu não me afogarei,
Se o inimigo diz que não há força em mim
Eu grito bem alto, Sou forte em Jesus

Vídeo incorreto?