A mais linda do meu edredom
De calcinha, com meu moletom
Eu sei que bem melhor não tem
Não adianta procurar ah ah

Ela fala que o jeito que eu levo a vida
É complicado, e que eu não tenho horário
E só chego atrasado, sem salário fixo
É difícil de manter
Diz que entende meu ofício
Mas não cansa de dizer
Que eu não tenho pra ela
E que eu to sempre ocupado
Se o mundo ta uma merda
Ela me faz sentir culpado
Mó clima de guerra
E mais intriga do passado
Fecha a porta eu tenho tudo planejado

É a que a lua ta brilhando
A noite tá bonita pra caralho
Já desmarquei todos os compromissos
Culpa do horário, cata o calendário
Hoje a noite é nossa
E ninguém tem a nada a ver com isso

É tipo cheque, doze horas "tim tim "
Rala e rola e um drinque
E eu vou embora só pra espairar a mente
Eu voltei sem demora
Hey, qual vai ser agora?
(Volta pro edredom, aqui a gente se enrola)

A mais linda do meu edredom
De calcinha, com meu moletom
Eu sei que bem melhor não tem
Não adianta procurar ah ah

Esquece o que acontece lá fora
Feche os olhos
Você é minha agora
Só vou fazer o que tu adora
Beijando e arranhando suas costas

Isso te instiga
Isso me instiga
Me obriga a te levar
Enquanto tiro o teu sutiã
Suando e pegando no teu corpo
Até de manhã

Somos dois amantes e só
Tão agarrados que parece nó
Mas sabe nega
Carência mata a gente
Isso não dá pra negar

E mesmo que eu fosse negar
Ia ser difícil desapegar
Deixa eu te ver
Te ligar
Ou imaginar o seu corpo nu

A mais linda do meu edredom
De calcinha, com meu moletom
Eu sei que bem melhor não tem
Não adianta procurar ah ah

Enquanto a gente pensa em crescer
Dividir todos os meus planos com você
Não importa o que vamos ter
Não importa o que vamos ser
E você tem me tornado um ser humano bem melhor

Seu Qxó não que B. O
Quer ficar na paz
E só as intrigas, fofoquinhas
Se resumirão a pó

Se tu é minha fêmea
Eu sou teu macho
E eu não sossego o facho
Porque nós dois na cama é um esculacho

Eu duvido você ir embora, ir embora daqui
Você rebola e rebola querendo se explodir
Ainda me deixa num estado em que eu pareço de concreto
Enquanto diz que não sai daqui nem por um decreto

E vem mais perto que eu quero sentir sua respiração
Você querendo ou não, te tenho na minha mão
Subestime então

Já te provei o que tinha que provar
Agora ou namorar
Putaria só quando não dá

A mais linda do meu edredom
De calcinha, com meu moletom
Eu sei que bem melhor não tem
Não adianta procurar ah ah

Vídeo incorreto?