E já que o peito não apertou, hoje odia vai ser tranquilo
Ogum ta querendo dá alegria pro seu filho, que sou eu
Só corro atrás do que é meu
Vou atrás do sorriso que por um tempo se perdeu
Talvez pela maldade, talvez pela seqüela
Talvez pelo desgosto, talvez até por ela
Mas péra lá que hoje estou com auto-estima
Só quero pensar em coisa boa, em positiva
Hoje, hoje mesmo que eu faço
Sou eu que determino o meu tempo e meu espaço
Quero nada nem ninguém enchendo o saco desde cedo
Talvez só minha pretinha pra me dar aquele chamego
Eu quero que o dia dure pra sempre
O dia de hoje não tem dinheiro que compre
Seria um pouco mais perfeito de repente
Se o dia de hoje não estivesse com a mente na minha mente

Hoje eu levantei da cama com pé direito
Nem senti a dor no peito, fui rever os meus conceitos
O que eu já fiz, ta feito, mais ou menos, aceito
Já dizia Zé Bolinho: Hoje é meu dia perfeito!
Hoje eu levantei da cama com pé direito
Nem senti a dor no peito, revi os meus conceitos
O que eu já fiz, ta feito, mais ou menos, aceito
Já dizia Zé Bolinho: Hoje é meu dia perfeito!


...
(Dedicada a Loko, dedicada a Zé Bolinho, Uninversos Urbanos)
...

Mas infelizmente despertaram esse mal em mim, enfim
Mais um aprendizado,
Pois o acerto do futuro, é o erro do passado!
E os aprendizados foram das piores formas
Com muita crueldade me ensinaram as piores normas
Me ensinaram a ser frio
Me ensinaram a bater no inimigo sem dar nenhum piu
Não me dão motivos pra sorrir, mas eu sorrio
Não me dão inspiração pra criar, mas eu crio
Isso que me difere das pessoas fracas
Se dizem tão inteligentes, mas só tem panaca
Você quer asas pra voar, ah, então vai nessa
Só não se esqueça que quanto mais alto, mais dura é a queda
Se você pensa que vai matar minha auto-estima
Saiba que isso só aumenta a precisão na rima
Sonhava alto, em trabalhar somente pela arte
E lá de cima me jogaram num ato covarde

Hoje eu levantei da cama com pé direito
Nem senti a dor no peito, fui rever os meus conceitos
O que eu já fiz, ta feito, mais ou menos, aceito
Já dizia Zé Bolinho: Hoje é meu dia perfeito!
Hoje eu levantei da cama com pé direito
Nem senti a dor no peito, revi os meus conceitos
O que eu já fiz, ta feito, mais ou menos, aceito
Já dizia Zé Bolinho: Hoje é meu dia perfeito!