Deus é deus


E a dor cai como uma cortina
Sobre as coisas que eu chamava de certo
E eu tenho que dizer as palavras que mais temo
Eu só não sei

E as perguntas sem respostas
Vem e paralisam o dançarino
Então eu estou aqui no estagio do medo para mover-se
Medo de cair, oh, mas eu devo cair
Sobre essa verdade que minha vida tenha sido formado do pó

Deus é Deus e eu não
Eu somente posso ver uma parte da imagem que Ele está pintando
Deus é Deus e eu sou homem
Então, eu nunca irei entender isto tudo
Porque somente Deus é Deus

E o céu começa a trovejar
E eu estou cheio de espanto e admiração
Para a questão que queima só o que resta
É quem sou eu

Posso formar uma única montanha
Pegue as estrelas na mão e conte-as
Posso até tomar um fôlego, sem Deus, dando-me
Ele é o primeiro e o último antes de tudo o que foi
Além de tudo isso vai passar

Oh, quão grandes são as riquezas da sua sabedoria e conhecimento
Quão insondáveis para com Ele e através de
dEle e por Ele são todas as coisas

Por isso, vamos adorar diante do trono
Daquele que é digno de adoração somente